Capítulo 01 - Como lidar com a ansiedade.



Não precisamos acessar os institutos de pesquisas para constatarmos a existência de pessoas ansiosas em nossos dias. Se perguntarmos aos psicólogos, aos psicanalistas ou aos psiquiatras acerca da ansiedade eles nos responderão que este antigo mal é sempre crescente. Por quê? Pela multiplicação e pela diversidade dos fatores causais da angústia. A ajuda de um bom profissional pode ser de grande valia para quem está ansioso, mas a simples remoção dos elementos etiológicos também pode acabar com a ansiedade. Isso, quase sempre, pode ser feito pela própria pessoa. É o que chamamos autoajuda.

Quem, exceto uma criança, não sabe o que lhe está causando algum tipo de ansiedade?

O desejo ardente de casar pode estar preocupando uma jovem, mas no dia do seu casamento ela deverá estar alegre, feliz, sem qualquer angústia. Não entendo porque uma noiva, no dia da realização de tão importante e esperado sonho, o casamento, diz estar ansiosa.

Será que a preocupação de um vestibulando ou de alguém que está prestes a participar de um concurso pode lhe ajudar nalguma coisa? É claro que não. Mas pode atrapalhar. Para que isto não aconteça com você, lembre-se de Provérbios 12.25: “As preocupações roubam a felicidade da gente, mas as palavras amáveis nos alegram”.

O Senhor Jesus, no Sermão do Monte, deixou bem claro que de nada adiantam as ansiosas solicitudes desta vida (Mt 6.25-34). O Mestre dos mestres concluiu assim: “Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas”.

A irmã Regina, depois que gerou no seu coração o Rafael, esperou dezessete anos com oração, fé e sem ansiedades o nascimento da sua linda filha, Ana Carolina.

Você já sabe que “as preocupações roubam a felicidade da gente”. Portanto, pare de pensar nos problemas e desafios desta vida. Faça uma aprazível caminhada; uma viagem. Converse com alguém que ama você e lhe compreende. Comece a louvar ao SENHOR Deus com uma canção; a ler e meditar nalguma porção da Sua poderosa palavra; a falar com o seu Papai Eterno através da oração. Lance sobreEle a sua ansiedade porque Ele tem cuidado de você (1 Pe 5.7). Ponha a sua confiança em Deus. Espera nEle, e Ele tudo fará (Sl 37.5). Finalmente, você dirá: Puxa vida, eu deveria ter agido assim há muito tempo atrás!

Eu costumo dizer numa linguagem antropomórfica, isto é, não bíblica, humana, que quando conhecermos o SENHOR Deus tal qual Ele é, após o nosso arrebatamento, lamentaremos não O termos usufruído plenamente enquanto vivíamos na terra.

Disse Martin Luther King: “Talvez não tenhamos conseguido fazer o melhor, mas lutamos para que o melhor fosse feito. Não somos o que deveríamos ser; não somos o que ainda iremos ser; mas, graças a Deus, não somos o que éramos”.

E agora digamos juntos: Muito obrigado, SENHOR.

SUBSÍDIOS BÍBLICOS

1. Diga o fraco: eu sou forte. (Jl 3.10b)

2. Se te mostrares frouxo no dia da angústia, então tua força será pequena. (Pv 24.10)

3. Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos. (Hb 11.34)

4. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. (2 Co 12.10)

5. Por que, pois, dizes, ó Jacó, e tu falas, ó Israel: O meu caminho está encoberto ao Senhor, e o meu juízo passa de largo pelo meu Deus? Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? Não há esquadrinhação do seu entendimento. Ele dá esforço ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os mancebos certamente cairão. Mas os que confiam no Senhor renovarão as suas forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão. (Is 40.27-31)

6. O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei? (Sl 27.1)

7. Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. (Jo 16.33)