Capítulo 11 - Quando tudo parece dar errado.



O que fazer quando tudo parece dar errado? Vigiar para não fazer mais coisas erradas ainda. Orar a Deus pedindo-Lhe que, através do Seu Santo Espírito, nos ensine a fazer as coisas certas. Pedir perdão às pessoas e a Deus. Ler a Bíblia Sagrada como nossa regra de fé e de prática. Buscar conselhos sábios da parte de cristãos fiéis ao Senhor Deus e aprovados por Ele.

Vigilância e oração, duas práticas recomendadas pelo Senhor Jesus para não entrarmos em tentação (Mt 26.41). Ele alertou: “Na verdade o espírito está pronto, mas a carne é fraca”. O que Ele quis dizer com essas palavras? Que é fácil querer resistir à tentação; o difícil mesmo é conseguir.

A vigilância decorre do conhecimento da tentação e suas consequências, caso contrário se desprezará a precaução. Um nativo da floresta amazônica conhece os perigos da região melhor do que um citadino. Lá ele sabe vigiar melhor; se protege com mais eficiência. Um paulistano, por sua vez, está muito mais acostumado com o louco trânsito da capital do que o caboclo. Assim sendo, ele sabe se proteger melhor.

Numa guerra, todo combatente deve gozar de boa saúde, possuir equipamento de qualidade, receber treinamento adequado e conhecer ao máximo seu inimigo. Deste modo, suas chances de vitória aumentarão muito. Será que quando tudo parece dar errado você não está numa batalha? E talvez ela seja consigo mesmo. Mas você pode resistir à tentação. Não é impossível. E você sabe que pode contar com a proteção do nosso Papai celestial, pois está escrito: “Não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal” (Mt 6.13).

Quando tudo parece dar errado, é hora de intensificar os momentos de oração; de pedir ao Papai Eterno um socorro urgente. Ele, “por meio do seu poder que age em nós, pode fazer muito mais do que nós pedimos ou até pensamos” (Ef 3.20). São Tiago escreveu: “Se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos” (1.5). Como se vê, Deus nos dá sabedoria e poder muito maiores do que necessitamos. E aí, então, devemos dizer: “Graças a Deus que nos dá a vitória por meio do nosso Senhor Jesus Cristo” (1Co 15.57).

Quando tudo parece dar errado é hora da gente pedir perdão às pessoas e a Deus.

Por que? Porque qualquer um de nós pode ter sido o causador dessas situações indesejáveis e aflitivas. Ninguém pode, em momentos dessa natureza, apontar o dedo para os outros, mas para si mesmo. Assim sendo, todo mundo deve pedir perdão aos outros e a Deus.

Quando tudo parece dar errado, é hora de ler a Bíblia Sagrada como regra de fé e de prática; de aceitarmos suas preciosas lições e de recebermos suas infalíveis promessas. Aí, então, terá chegado o tempo da gratidão a Deus e da alegria; e, também, o tempo de consolarmos os outros como nós fomos outrora consolados.

Quando tudo parece dar errado, é hora de buscar conselhos sábios da parte de cristãos fiéis ao SENHOR Deus e aprovados por Ele. “Quem rejeita conselhos prejudica a si mesmo, mas quem aceita a correção fica mais sábio”. Desde os tempos do rei Salomão, de Israel, se diz este provérbio (15.32).

E agora digamos juntos: Muito obrigado, SENHOR.

SUBSÍDIOS BÍBLICOS

1. Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar tudo quanto vos tenho dito. (Jo 14.26)

2. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. (Rm 7.19,20)

3. Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau, e, havendo feito tudo, ficar firmes. (Ef 6.13)

4. Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. (1 Pe 5.7)

5. Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores. (Tg 5.13)